*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*ARTISTAS *...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*



*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*VÁRIOS ARTISTAS *...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*



*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*PERFIL! *...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*


Nome:Nilceu
Idade:Ah!
Cidade:Campinas-SP
Eu gosto:Da Vida
NickName: Nil
Signo:Câncer


*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*MURAIS *...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*


*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*ARTISTAS! *...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*



*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*MAIS ÍDOLOS *...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*



*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*PARA ADULTOS *...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*


CLIQUE



ALÔ, ALÔ/ Carmem Miranda


*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*ESCREVA! *...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*




*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*NOSSOS BLOGS *...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*



NOSSO FOLCLORE


LOVE STORIES


INFÂNCIA: ALEGRIA DE VIVER!


MAMÃES


PAPAIS


HERDEIROS DA PRINCESA(Consciência Negra)


FESTAS JUNINAS


ESPORTES


BYE, BYE, TRISTEZA(Piadas)


MEGANATAL


BLOGÃO SERTANEJO


BIG & BLOG


O Ó DO BOROGODÓ


PAIXÃO POR CRISTO


TÔ COM A MACACA(Esporte Regional)


ENVIE CARINHOS(Namorados)


BLOG NILCEU(Atualidades)


RECANTO SANTISTA


FLOG CURSO AFRO


INTERAÇÃO CULTURAL


BLOG POLÍTICA


BLOG AMIZADES(Sala Mixagem)


PROSAMOROSA(Textos Inesquecíveis)


BLOG ADULTO


CARNAVAL


PÁSCOA


FOTOBLOG DA FAMA


FOTOBLOG SENSUAL


BYE, BYE, tristeza - Pesquisa


ESPORTES & SPORTS - Pesquisa


SUPERNATAL - Pesquisa


NATAL DOS SONHOS-Pesquisa


BLOG PAN-PAN - Pesquisas


BIG & BLOG- Pesquisas


FOLCLORE II - Pesquisas


BLOG FOLCLORE - Pesquisas


FORROBODÓ)- Pesquisas


GARGALHADAS(Pesquisas)


OLIMPÍADAS BRASIL LÁ(Pesquisas)


CAUSOS & FOLIAS - Pesquisa


BLOG NEWCEU- Pesquisas


BLOG NILCEU(Meu 1º Blog)- Pesquisas


HOME



Adorável Pecadora
ÁguaMarinha
Aléxia
Aliena
Andréia(Dea Cute)
Andréia(Portugal)
Andréia Yamashita
Ane
Angel Charlie
Angélica
Anja Mayto
Anny
Bella Nika
Betty Blue
Brumaximus
Bruno
Cacau
Carol
Cássia
Celi
Chulapa
Cida
Cláudia
Clube Melhor Idade
C.M.I.(Festas)
C.M.I.(Happy Hour)
C.M. I.(Visitas)
C. M.I.(Votos)
Cris Couto
Cristiny
Cursed Lady
Denise/Gifs
Dininha
Drica
Dulcinéia(Tutu Mineiro)
Edi Suely
Eimy
Élidy
Elo
Estrela da noite
Estrelinha
Evanir
Everton
Fabi
Fada azul
Fascinação(Blog)
Fascinação(Templates)
Fernando
Flor de Luz
Giovanna(Cigana)
Gismilli
Gonçalo
Gui
Halma Guerreira(Ganhe sala)
Halma Guerr(Personalizar)
Halma Guerreira(Site)
Halma Guerreira(Selos)
Halma Guerreira(Votação)
Iolanda
Íris
Isabel/Bell
Izilda(Votação)
Janaina Saucedo
Jandiras
Jesueude
Joice Padilha
Ju(Jumah)
Jussara
Kátia
Keka/Segredos
Koinonia
Laine
Lais
Líbia(Magia Gifs)
Lidiany
Lila
Line
Liz e Nick
Loira Romântica
Lúcia
Luís Celso
Luíza
LuLopes
Márcia
Márcia Rocha
Mari
Maria do Carmo
Maria Clara
Mariana
Mariana Santow
Marilda
Mariliza
Marinês
Marlene
Mônica
Nancy(Lua)
Nancy(Poetisa)
Neide(pastora)
Neise
Neiva
Nena
Nivea
Norminha
Nylda (Lisboa)
O cavaleiro negro
Paulinha
Pétala Sedutora
Raquel
Regina(B Mistura)
Regina(Relua)
Regina Teofilo
Rita(Mulher Feliz)
Rosa
Rosamaria
Rosângela
Rose
Samara Angel
Sandra
Shalom
Sílvia
Smareis(Escrevinhando)
Smareis(Fotolog)
Smareis(Reflexões)
Smareis(Refúgio)
Sombra do Sol
Su Dengosa
Sueli(Susuka)
Tamara
Tatiana
Teresa
Tina
Tuga
Turka
VAL
Vanderlei(Aragão)
Vandinha
Vanessa(Loira 26)
Vanessa Ferreira
Vânia

*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*NU ARTÍSTICO *...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*





- 01/04/2012 a 07/04/2012
-
13/11/2011 a 19/11/2011
-
09/10/2011 a 15/10/2011
-
18/09/2011 a 24/09/2011
-
11/09/2011 a 17/09/2011
-
04/09/2011 a 10/09/2011
-
28/08/2011 a 03/09/2011
-
14/08/2011 a 20/08/2011
-
07/08/2011 a 13/08/2011
-
17/07/2011 a 23/07/2011
-
10/07/2011 a 16/07/2011
-
26/06/2011 a 02/07/2011
-
19/06/2011 a 25/06/2011
-
29/05/2011 a 04/06/2011
-
08/05/2011 a 14/05/2011
-
01/05/2011 a 07/05/2011
-
24/04/2011 a 30/04/2011
-
17/04/2011 a 23/04/2011
-
10/04/2011 a 16/04/2011
-
27/03/2011 a 02/04/2011
-
20/03/2011 a 26/03/2011
-
13/03/2011 a 19/03/2011
-
06/03/2011 a 12/03/2011
-
20/02/2011 a 26/02/2011
-
13/02/2011 a 19/02/2011
-
30/01/2011 a 05/02/2011
-
23/01/2011 a 29/01/2011
-
16/01/2011 a 22/01/2011
-
09/01/2011 a 15/01/2011
-
26/12/2010 a 01/01/2011
-
19/12/2010 a 25/12/2010
-
12/12/2010 a 18/12/2010
-
14/11/2010 a 20/11/2010
-
24/10/2010 a 30/10/2010
-
17/10/2010 a 23/10/2010
-
10/10/2010 a 16/10/2010
-
03/10/2010 a 09/10/2010
-
12/09/2010 a 18/09/2010
-
05/09/2010 a 11/09/2010
-
29/08/2010 a 04/09/2010
-
22/08/2010 a 28/08/2010
-
08/08/2010 a 14/08/2010
-
25/07/2010 a 31/07/2010
-
18/07/2010 a 24/07/2010
-
11/07/2010 a 17/07/2010
-
27/06/2010 a 03/07/2010
-
20/06/2010 a 26/06/2010
-
13/06/2010 a 19/06/2010
-
30/05/2010 a 05/06/2010
-
16/05/2010 a 22/05/2010
-
09/05/2010 a 15/05/2010
-
02/05/2010 a 08/05/2010
-
25/04/2010 a 01/05/2010
-
18/04/2010 a 24/04/2010
-
11/04/2010 a 17/04/2010
-
04/04/2010 a 10/04/2010
-
28/03/2010 a 03/04/2010
-
21/03/2010 a 27/03/2010
-
14/03/2010 a 20/03/2010
-
07/03/2010 a 13/03/2010
-
28/02/2010 a 06/03/2010
-
21/02/2010 a 27/02/2010
-
14/02/2010 a 20/02/2010
-
07/02/2010 a 13/02/2010
-
31/01/2010 a 06/02/2010
-
24/01/2010 a 30/01/2010
-
17/01/2010 a 23/01/2010
-
03/01/2010 a 09/01/2010
-
27/12/2009 a 02/01/2010
-
06/12/2009 a 12/12/2009
-
29/11/2009 a 05/12/2009
-
22/11/2009 a 28/11/2009
-
15/11/2009 a 21/11/2009
-
08/11/2009 a 14/11/2009
-
01/11/2009 a 07/11/2009
-
25/10/2009 a 31/10/2009
-
18/10/2009 a 24/10/2009
-
11/10/2009 a 17/10/2009
-
04/10/2009 a 10/10/2009
-
20/09/2009 a 26/09/2009
-
13/09/2009 a 19/09/2009
-
06/09/2009 a 12/09/2009
-
30/08/2009 a 05/09/2009
-
23/08/2009 a 29/08/2009
-
09/08/2009 a 15/08/2009
-
02/08/2009 a 08/08/2009
-
26/07/2009 a 01/08/2009
-
19/07/2009 a 25/07/2009
-
12/07/2009 a 18/07/2009
-
05/07/2009 a 11/07/2009
-
28/06/2009 a 04/07/2009
-
21/06/2009 a 27/06/2009
-
14/06/2009 a 20/06/2009
-
24/05/2009 a 30/05/2009
-
17/05/2009 a 23/05/2009
-
10/05/2009 a 16/05/2009
-
03/05/2009 a 09/05/2009
-
26/04/2009 a 02/05/2009
-
19/04/2009 a 25/04/2009
-
12/04/2009 a 18/04/2009
-
05/04/2009 a 11/04/2009
-
29/03/2009 a 04/04/2009
-
22/03/2009 a 28/03/2009
-
15/03/2009 a 21/03/2009
-
08/03/2009 a 14/03/2009
-
01/03/2009 a 07/03/2009
-
22/02/2009 a 28/02/2009
-
08/02/2009 a 14/02/2009
-
01/02/2009 a 07/02/2009
-
25/01/2009 a 31/01/2009
-
18/01/2009 a 24/01/2009
-
11/01/2009 a 17/01/2009
-
04/01/2009 a 10/01/2009
-
28/12/2008 a 03/01/2009
-
21/12/2008 a 27/12/2008
-
14/12/2008 a 20/12/2008
-
07/12/2008 a 13/12/2008
-
30/11/2008 a 06/12/2008
-
23/11/2008 a 29/11/2008
-
16/11/2008 a 22/11/2008
-
09/11/2008 a 15/11/2008
-
02/11/2008 a 08/11/2008
-
26/10/2008 a 01/11/2008
-
19/10/2008 a 25/10/2008
-
12/10/2008 a 18/10/2008
-
05/10/2008 a 11/10/2008
-
28/09/2008 a 04/10/2008
-
21/09/2008 a 27/09/2008
-
14/09/2008 a 20/09/2008
-
07/09/2008 a 13/09/2008
-
31/08/2008 a 06/09/2008
-
24/08/2008 a 30/08/2008
-
17/08/2008 a 23/08/2008
-
10/08/2008 a 16/08/2008
-
03/08/2008 a 09/08/2008
-
27/07/2008 a 02/08/2008
-
20/07/2008 a 26/07/2008
-
13/07/2008 a 19/07/2008
-
06/07/2008 a 12/07/2008
-
29/06/2008 a 05/07/2008
-
22/06/2008 a 28/06/2008
-
15/06/2008 a 21/06/2008
-
08/06/2008 a 14/06/2008
-
01/06/2008 a 07/06/2008
-
25/05/2008 a 31/05/2008
-
18/05/2008 a 24/05/2008
-
11/05/2008 a 17/05/2008
-
04/05/2008 a 10/05/2008
-
27/04/2008 a 03/05/2008
-
20/04/2008 a 26/04/2008




Apeoesp
Baixaki
Blogger/Globo
BOL
D.E.Cps Leste
D.E.Cps Oeste
EPTV
Geovisite
Globo
Imposto Renda
Photobucket
Prefeitura Cps
Secr. Educação
Secr. Fazenda
Terra
Uniblog
UOL
Yahoo






Votação:

- Dê uma nota para meu blog

Indique esse Blog


Código html:
Cristiny On Line

Lay: CMI

Imagem: Pesquisa Google

 





MANIFESTO CONTRA A  NUDEZ

 

 

Todo mundo tem uma opinião sobre o manifesto contra a nudez no cinema e na TV, apresentado pelo ator Pedro Cardoso, na quarta-feira passada, no Festival do Rio.

Desde que ele afirmou --antes da sessão do filme "Todo Mundo Tem Problemas Sexuais", de Domingos de Oliveira-- que a nudez "impede a comédia e o próprio ato de representar" e que ela vem sendo usada como recurso "para atrair público", o tema alimenta conversas entre atores, atrizes e diretores.

"Representar é se colocar nu. Essa postura de ator que renega o corpo me assusta. Achei tão moralista, tão absurda. É uma coisa retrógrada que, num certo sentido, avaliza a censura", diz o cineasta Carlos Reichenbach ("Garotas do ABC", "Falsa Loura"), em cujos filmes a nudez é comum.

"Conheço bem o Pedro Cardoso. Ele não é um moralista. A questão dele é política e trabalhista. Ele reclama da nudez como um apelo para ganhar dinheiro", afirma o cineasta Jorge Furtado, que dirigiu Cardoso em "O Homem que Copiava", no qual a personagem de Luana Piovani faz um strip-tease para o de Cardoso.

A cena é mostrada do ponto de vista de Luana. Ou seja, o que o espectador vê é a reação de Cardoso. "Aquele strip não precisa ser mostrado, mas precisa existir, para a [história da] personagem", afirma o diretor.

Furtado diz que "Pedro está exagerando bastante, mas é um exagero por um bom motivo, para se contrapor ao exagero que vem no sentido contrário --já que você não tem uma boa cena, bota alguém de calcinha e pronto, resolve".

O ator e diretor Hugo Carvana, cujo "A Casa da Mãe Joana", em cartaz, tem Cardoso no elenco e cenas de nudez de uma jovem atriz, diz: "É preciso que a nudez seja fundamental na trama, que seja importante a ponto de ser inevitável".

Carvana afirma que, "evidentemente, muitos filmes se aproveitam da nudez", mas teme que Cardoso tenha feito "uma generalização" inadequada. "Não sei se, no cinema brasileiro, toda nudez terá de ser castigada", diz, ressalvando que ainda busca entender o intuito do manifesto.

"Essas palavras não foram ditas por uma pessoa qualquer, mas por alguém que respeito como intelectual, como artista e como o homem ético que ele é", diz o diretor.

Vulgarização

A atriz Patrícia Pillar acha "muito bacana que isso parta de um homem inteligente, um artista como o Pedro".
Ela avalia que "há uma vulgarização, no audiovisual em geral, do nu ou da insinuação do ato sexual" e diz que "isso expõe pessoas que muitas vezes não estão dispostas a fazer [tais cenas] e acabam fazendo por uma situação de fragilidade".

"Nós, que estamos mais experientes, já conquistamos o direito de dizer não", diz Pillar. "Mas concordo com Pedro que esse é um direito que assiste não só a nós, mas a todos, inclusive as meninas de 20 anos que estão começando", afirma.

Helena Ignez, que, como atriz, já se despiu no cinema, e, como diretora, acaba de apresentar no Festival do Rio o longa "Canção de Baal", que traz atores e atrizes nus, afirma discordar da tese de Cardoso segundo a qual a nudez impede a representação, mas diz que "adorou" sua atitude.

"Ele está falando de pornografia. É muito sintético o que diz. Não é pequeno, provinciano. Deve ter vindo de uma verdade profunda. É surpreendente e inusitado, como ele, e uma defesa quase cômica das mulheres", afirma Ignez.

Namorada atriz

No manifesto, Cardoso deixa claro que o amor que sente pela namorada, uma atriz que ele não nomeia e que diz ver lutar diariamente no trabalho "contra a pornografia reinante", reforçou a preocupação antiga que ele tinha com esse tema.

Graziella Moretto, apontada como a namorada de Cardoso (ele não fala do assunto), está na atual novela das sete da Globo, "Três Irmãs", e rodou sua primeira cena de nudez no cinema em "Feliz Natal", dirigido Selton Mello (o suposto diretor atacado por Cardoso).

A Folha acompanhou as filmagens de "Feliz Natal" no dia em que a cena de nudez de Moretto foi rodada. Na ocasião, Mello contou que, nas folgas das filmagens, ele convidava toda a equipe para assistir, em sua casa, a versões prévias do filme, que ele mesmo editava.

O manifesto de Cardoso cita "sessões privês" para exibir a nudez de atrizes que "cineastas de primeiros filmes" realizam para amigos. E fala em "disfunção sexual" de diretores e roteiristas que promovem essas "cenas macabras". A Folha tentou ouvir Mello, sem sucesso.

Quanto ao aspecto trabalhista do manifesto de Cardoso, Reichenbach desafia: "Vai dizer isso para o Antunes Filho [do Centro de Pesquisa Teatral], vai dizer para o Zé Celso Martinez Corrêa [do Teatro Oficina]. Ele não trabalha. Ficará fazendo TV, numa limitação profunda de campo de trabalho". A Folha disse.

"É estúpido! Uma besteira, uma loucura, uma volta à Inquisição", reage Zé Celso. Para ele, "o melhor figurino que existe é o nu. Não é a roupa que faz a interpretação. Você pode, nu, fazer uma cena como um pudico, envergonhado, ou, ao contrário, um exibicionista".

O diretor do Oficina afirma que Cardoso, "que é um bom ator de comédia de costumes", tem "todo o direito de ter pudor e não querer ficar nu, mas fazer manifesto é coisa de velha, de tia". Antes de iniciar a leitura de seu manifesto no Cine Odeon, Cardoso avisou que era "muito inesperado" o que iria dizer, afirmou que não tinha a expectativa de "ser compreendido", mas esperava provocar "a discussão". Isso ele conseguiu.



- Editado por: Nilceu

Zip Net:


*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*ENVIE *...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*













MARCOS PALMEIRA SE SENTE BEM  SER CHAMADO DE GALÃ

 

O correto, saudável e romântico surfista Bento, de Três Irmãs, não é, nem de longe, o primeiro boa-gente charmoso que Marcos Palmeira encarna na TV. "É o heroizinho da história", define o ator, sem desmerecer o seu personagem na novela de Antonio Calmon.

 

De gestos contidos, bem tranqüilão, o ator não nega que já foi rotulado como tipão carioca no início da carreira, depois de rústico por seus personagens mais rurais e devido às novelas mais recentes agora é visto como o mocinho romântico. E até pela maneira como conduz sua vida, Marcos confirma que muitos o vêem como o cara bonzinho e têm dificuldades de enxergá-lo fazendo um vilão em um folhetim.

"Mas isso não é problema. O que me pauta é o prazer que cada novo personagem pode me trazer. Vivo um bom momento na carreira e o vilão virá", resume.

O momento positivo da carreira não se refere só à novela das sete da Globo. Marcos protagoniza a série Mandrake que terá continuidade na HBO, apresenta o programa sobre índios Auê, na TV Cultura, viaja com uma peça teatral pelo país, lança três filmes este ano e ainda cuida de sua fazenda de produtos orgânicos, no interior do Rio. Nunca pensou que em meio a todas essas atividades, no entanto, fosse sentir saudades da repercussão que um folhetim traz.

"Sempre achei estranho um ator falar que o seu público dizia estar com saudades. Mas comecei a ouvir isso nas ruas e achei muito bom", confessa Marcos.

Confira a entrevista com o ator:

Você já disse em entrevistas que foi rotulado como o tipo carioca no início da carreira, depois de caipira quando passou a fazer personagens rústicos e agora é visto como o galã romântico por seus últimos papéis. Esses rótulos incomodam?
Acho que não, mesmo porque eles estão mudando. A garrafa envolvida por esse rótulo é boa. Para mim nunca é simples fazer um personagem novo, é sempre difícil. Cada vez mais eu me pauto pelo prazer de fazer determinado papel, por me sentir à vontade com o trabalho. E é o que acontece agora em Três Irmãs. Quando a gente faz uma novela sabe que pode ser criticado, como eu também critico. É um comentário sobre o cabelo, a barriga, a camisa. Mas a questão do rótulo acaba passando meio batida para mim, mesmo porque o rótulo de galã faz muito bem para o meu ego.

O Bento de Três Irmãs se reúne a uma porção de galãs como o Fernando, de Celebridade, e o Gilberto, de Belíssima, seus folhetins mais recentes. Não são galãs demais para um ator que já afirmou se achar sem graça e sem glamour?
Mais uma vez estou ligado à imagem do cara romântico. Mas eu não me apego à figura estética do galã. Mesmo porque em Três Irmãs há atores como o Paulinho Vilhena e o Rodrigo Hilbert que cumprem muito melhor essa função. É mais um bonzinho, é verdade. Mas nem por isso é um personagem que me deixa engessado, porque é muito bom de fazer. É o herói da história, politicamente correto, gente fina, ligado às questões ambientais. O Bento é um cara que tem uma horta orgânica em casa.

Semelhanças do personagem com o seu jeito de ser, nesta novela, não parecem ser uma mera coincidência...
É interessante essa linha que aproxima o personagem de mim. Também tenho o meu trabalho com hortas na fazenda, o programa que apresento na TV Cultura sobre índios, chamado Auê. Sou um cara antenado e acho que o Bento também tem isso. Não consigo viver no meu mundinho à parte, sem me importar com tudo e todos que estão ao redor de mim. E o personagem também tem esse lado de se envolver com a comunidade, vai lutar pela dignidade de Caramirim. Mas o fato da realidade do Bento se aproximar da minha não facilita e nem dificulta o trabalho. Afinal, é uma outra figura que aparece na história e não o Marcos Palmeira.

Por essa imagem que você passa o mais difícil mesmo é ser chamado para fazer um vilão em uma novela? Pois você já disse que ainda não surgiu um grande vilão em sua carreira...
É claro que eu gostaria de fazer um grande vilão, oposto a tudo isso que tenho feito. Na verdade cheguei próximo disso com o Cirino, de Memorial de Maria Moura. Mas foi um trabalho pequeno. Um vilão escrito por Gilberto Braga é sempre rico e interessante. Seria um ótimo exercício para mim e acho que ainda tenho esse caminho a seguir.

É frustrante a essa altura da carreira ainda não ter feito um mau-caráter?
Acho que isso vai acontecer naturalmente e não tenho frustrações na carreira. Muito pelo contrário. Tenho a oportunidade de estar em uma novela e ao mesmo tempo viajar pelo Brasil com a Adriana Esteves na peça Virgolino e Maria - Auto de Angicos. Ainda tenho a série Mandrake, na HBO, com mais 13 episódios confirmados. Estou sempre trabalhando e não poderia me sentir frustrado se pensarmos na realidade do país. Mesmo com todas as crises do cinema brasileiro, estou em três filmes que vão ser lançados ainda este ano. A Mulher do Meu Amigo, do Cláudio Torres; Bela Noite para Voar, do Zelito Vianna - pai do ator - e Quase um Tango Argentino, do Sérgio Silva, feito no Rio Grande do Sul. Aliás, nesse longa eu faço um gaúcho, com sotaque e tudo, o que pode marcar o fim da minha carreira (risos). Mas voltando a falar sério, nem daria tempo de me frustrar fazendo tudo isso.

Por falar em filmes, você já disse que se pudesse só faria cinema. É o que te dá mais prazer?
É. O cinema sempre esteve dentro da minha casa. O apartamento em que a gente morava, em Copacabana, faz parte do cinema brasileiro por causa do meu pai. O apartamento da minha avó está nos filmes do Glauber Rocha. Se realmente houvesse mercado, adoraria me dedicar a isso. Mas não temos uma política cultural definida. Não adianta ter dinheiro apenas para fazer um filme. É preciso ter grana para lançar, manter as salas de exibição. Eu até tenho vontade de dirigir. Acho que tenho uma boa noção de câmara, do estúdio. Mas essa história de precisar batalhar por grana desanima um pouco. Mas a hora em que tiver uma boa história nas mãos, vou correr atrás. Cada vez mais tenho o desejo de lidar com os atores. Acho que me daria bem nesse universo.

 

 

E como é ser dirigido pela sua mulher, Amora Mautner, na novela?
É ótimo. Ela já tinha me dirigido várias vezes antes de a gente ficar junto. A Amora é uma diretora muito criteriosa e até estou sentindo falta dela me dirigir mais nesse trabalho. Mas nesse sentido, estamos bem cercados na novela por todos os diretores.

Além de Três Irmãs, você está atualmente na reprise de Pantanal, no SBT. O que você achou da polêmica em relação aos direitos conexos dos atores devido à exibição da novela?

O Silvio Santos é aquele cara que coloca e tira tudo o que quer do ar. Acho que nessa história faltou um pouco de união da classe. De todo mundo se juntar e tomar uma decisão coletiva. Parece que cada um ficou resolvendo a sua questão. Mas de qualquer forma estou adorando a oportunidade de poder ver a novela de novo. Foi um encontro especial. A turma toda acordava cedo, tomava café naquele mesão de fazenda. E todo mundo acabou incorporando os personagens. Ou ficávamos o dia todo andando a cavalo, ou tomávamos banho de rio. Aconteceu um negócio engraçado porque só nos tocamos de que não havia televisão lá por causa da Copa do Mundo. Resolvemos fazer uma greve porque queríamos acompanhar os jogos. Aí colocaram uma parabólica lá e ainda bolaram uma cena para a novela, da antena chegando ao Pantanal. Essa novela traz grandes lembranças. Foi um sonho.

 

1993: NOVELA 'RENASCER'

Limites desconhecidos
Quando foi convidado para estrelar a série Mandrake, produzida pela HBO desde 2005, Marcos Palmeira encarou o trabalho como mais uma boa experiência. "Era uma linguagem diferente, uma série filmada em película com todo o cuidado, algo novo no Brasil. Mas de repente vingou", diz o ator em tom de comemoração.

Na história, escrita por José Henrique Fonseca, Felipe Braga e Tony Belloto, baseado no livro de Rubem Fonseca, Marcos interpreta o detetive que dá nome à série. Ele se insere na alta classe e no submundo carioca para resolver os problemas de seus clientes, além de estar sempre cercado de belas mulheres. Uma nova temporada está confirmada para 2009 e a série já faz sucesso internacionalmente. "Mandrake é uma das séries mais vistas nos Estados Unidos. É bom ver uma produção latina furar o mercado americano", valoriza o ator.

O sucesso além das fronteiras brasileiras parece empolgar Marcos. Ao ser questionado sobre a possibilidade de investir em uma carreira internacional, ele não nega que um bom convite seria tentador. "Se for algo interessante artisticamente, é legal universalizar meu trabalho", defende. Mas ele vai logo lembrando que as novelas já cumprem bem o papel de levar o trabalho dos atores para os mais distantes países. "É incrível ser conhecido no Uzbequistão, na Irlanda, por meio das novelas mais bem feitas em todo o mundo", exagera.

Outras produções
Marcos Palmeira também é produtor. De verduras, legumes, frutas e laticínios na Fazenda Vale das Palmeiras, que mantém há mais de 10 anos na Região Serrana do Rio de Janeiro. Em todo esse tempo, o ator se tornou um empresário da área de produtos orgânicos e vende os mais de 60 itens produzidos em sua propriedade para uma rede de supermercados carioca.

Em casa, ele também se tornou um consumidor desse tipo de alimento. "A minha saúde é o que me equilibra para tudo o que faço na vida", afirma Marcos que, pelo trabalho que realiza, é visto como um profissional engajado nas causas ambientais e defensor de um estilo saudável de viver.

Mas o ator prefere defender a bandeira do modo natural de levar a vida. Até por saber dos excessos que não raramente marcam o mundo artístico. "Nunca senti preconceito por parte dos meus colegas. Até porque tomo o meu chope também. De vez em quando eu fico até de porre", confessa.

Trajetória Televisiva

# Vale Tudo (Globo, 1988) - Mário Sérgio.
# Pantanal (Manchete, 1990) - Tadeu.
# Desejo (Globo, 1990) - Solon.
# Amazônia (Manchete, 1991) - Lúcio/Caio.
# Renascer (Globo, 1993) - João Pedro.
# Memorial de Maria Moura (Globo, 1994) - Cirino.
# Irmãos Coragem (Globo, 1995) - João Coragem.
# Salsa e Merengue (Globo, 1996) - Valentim.
# O Amor Está no Ar (Globo, 1997) - Carlos Henrique.
# Torre de Babel (Globo, 1998) - Alexandre Toledo.
# Andando nas Nuvens (Globo, 1999) - Chico Mota.
# Porto dos Milagres (Globo, 2001) - Guma.
# Coração de Estudante (Globo, 2002) - Júlio Rosa.
# Esperança (Globo, 2002) - Zequinha.
# Celebridade (Globo, 2003) - Fernando.
# Belíssima (Globo, 2006) - Gilberto.
# Mandrake (HBO, 2007) - Mandrake.
# Três Irmãs (Globo, 2008) - Bento.
 

TV Press



- Editado por: Nilceu

Zip Net:


*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*ENVIE *...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*














CÂMERA OCULTA DESEJA-LHE UM DIA SENSACIONAL ! N